Epic - The King's English

Metodologia

O método The King's English foi criado com a finalidade de atender a necessidade de um
mundo em que tempo é dinheiro e não se podia mais levar 5, 6 anos para alcançar a
proficiência da língua inglesa, está cada vez mais uma condição para o
crescimento profissional e cultural do individuo que se vê como parte da aldeia global. Isso já em 1972, antes que se falasse em globalização de uma forma tão intensa como passou a acontecer no final dos anos 90.

As informações a seguir visam levar o aluno a uma maior compreensão de como o método The King's English funciona.

Mnemônica x Mnemotécnica

Não é novidade alguma que o uso da Mnemônica faz parte de nossas vidas desde nosso nascimento.
é ela que nos faz memorizar, ou melhor, guardar em nossas mentes as informações necessárias para a nossa
comunicação e em muitos casos nossa sobrevivência. A repetição nos faz dominar aquilo que outrora
desconhecemos.Quantas vezes nossos pais, amigos ou professores, precisaram nos fazer repetir determinada
informação, palavra, pronúncia, para que pudéssemos reproduzir a informação-alvo com perfeição?

Este princípio simples está no cerne do método e da metodologia aplicados na metodologia. O The King's English e tudo o que o rodeia. O que o faz diferente dos demais é que ele foi desenvolvido de maneira a reproduzir o que acontece na vida real, e não numa situação artificial de sala de aula, e que nos faz realmente aprender algo.

Baseados nisso, podemos dizer que não se trata de Mnemônica apenas, mas de uma Mnemotécnica especifica, exclusiva e irreproduzível, pois a mesma foi desenvolvida especificamente com método cientifico e não se encontrava como é concebida em nenhuma outra obra.

Os Seis Dias de Memorização

É aqui que reside o segredo, a essência do nosso programa. Em seis dias de preparação, nos quais
os alunos trabalharão áreas diferentes de sua memória e ativarão partes do cérebro responsáveis
pela total assimilação do conteúdo ao qual são expostos ao longo do curso. Numa ordem que remete
aquela que seguimos no aprendizado de nossa língua materna, e trabalhando em cada dia uma habilidade diferente, o aluno se apropria da língua de uma forma natural e irreversível. No processo o aluno vê (ou seja, tem contato visual com a língua alvo), ouve (a porta de entrada da língua) e repete (começa a experimentar a língua de uma maneira ativa).

Após esse processo o aluno estará pronto para participar de suas aulas semanais, sem constrangimentos, se medo de falar, pronto para usar a língua inglesa que registrou em sua mente de forma indelível.